Trabalho com coerência Cardíaca, congelamento de Imagens, Cardiofeedbac, Hipnose, TCC.
Coerência Cardíaca

O coração e a mente precisam andar em equilíbrio e descobertas sobre o funcionamento do coração associado ao cérebro emocional têm demonstrado a existência de uma conexão fisiológica direta entre esses dois órgãos do corpo.
A esta comunicação equilibrada e harmônica entre o coração e o cérebro é denomina-se Coerência Cardíaca.
A Coerência Cardíaca é uma técnica criada pelo Institute HeartMath que descobriu que em situações de estresse, ansiedade, depressão ou cólera, o ritmo cardíaco se torna "caótico", ao contrário dos estados de bem-estar, quando se mostra "coerente". O ritmo cardíaco influi diretamente na pressão arterial, na respiração e também no funcionamento do sistema imunológico.

A Conexão do Coração e da Mente
Dentro do coração existem 40 mil axônios que tem uma ligação direta com o cérebro emocional, em uma conexão estreitamente íntima. O reflexo direto desse vaivém entre o cérebro emocional e o coração é a variação dos batimentos cardíacos.

Entre o nascimento, quando a variação é mais forte, e a proximidade da morte, mais baixa, o ser humano perde cerca de 3% de sua capacidade de variabilidade cardíaca. Existe uma variação considerada normal e saudável, que é sinal do bom funcionamento do "freio" e do "acelerador" do coração.

Em situações emocionais negativas alteram o ritmo cardíaco. Ele se torna "caótico", ao contrário dos estados de bem-estar, quando se mostra "coerente". Estudos sobre como manter um ritmo cardíaco "coerente" concluíram o controle interior da própria fisiologia através de pequenos exercícios controla o ritmo do coração. Por meio de exercícios respiratórios simples, consegue-se esta "coerência" evitando o "caos", associados ao estresse e estados depressivos.
Em um estudo publicado no "American Journal of Cardiology", no entanto, pesquisadores do Instituto HeartMath, da Califórnia, mostram que uma simples lembrança positiva induz a uma rápida transição da variação cardíaca ao ritmo "coerente". Na Inglaterra, 6.000 executivos de grandes empresas, como Shell, British Petroleum, Hewlett-Packard e Unilever, foram treinados para realizarem exercícios que os ajudassem a manter uma coerência cardíaca. O mesmo ocorreu nos EUA, com empregados da Motorola e funcionários do governo da Califórnia.

Outro estudo, da Academia Nacional de Ciências dos EUA, sugere que a coerência cardíaca favorece o equilíbrio hormonal: após um mês de prática de exercícios (30 minutos diários, cinco dias por semana) que promovem o "ritmo coerente", a taxa de DHEA (dehidro-epi-androsterona), o chamado "hormônio da juventude", dobrou.


A Inteligência do Coração
O coração e o corpo pensam. Essa memória ficaria armazenada em todas as células do organismo, pois transplantados especialmente os de coração, relatam memórias dos receptores isto seria fruto da nossa memória celular. Propõe-se, hoje, que exista outro nível de inteligência, a corporal que na verdade é o nosso conjunto de memórias celulares. O raciocínio é cerebral, mas o sentir é cardíaco.
Este paradigma é novo, deve-se estar aberto para experimentar um nível sutil de realidade que ainda não nos é familiar, permite acessar outro nível de comunicação, com a esfera física de seu próprio ser. É uma informação de primeira mão, sem intermediário, que não necessita de quaisquer ferramentas adicionais.
A conexão com o coração provoca mudanças fisiológicas no corpo. Ocorre uma harmonia do ritmo cardíaco, um equilíbrio do sistema nervoso provocando uma regulação da pressão arterial e de outras glândulas e órgãos. Esta harmonização permite que os centros de percepção do cérebro processem as informações com mais eficiência, permitindo que novas soluções intuitivas alcancem a mente consciente.
O termo intuição quando se usa Coerência Cardíaca tem um sentido diferente. A intuição seria um processo de inteligência e compreensão que transcende os processos lineares e lógicos de pensamento. É a faculdade do conhecimento direto, como se por instinto, sem raciocínio consciente. A intuição seria conhecimento puro, não-transmitido e inferencial associado com introvisão aguda e rápida.

O que é a Coerência Cardíaca - Gastão Ribeiro
O que é a Coerência Cardíaca

“A Coerência Cardíaca é um diálogo íntimo entre o pensar e o coração. Isto provoca uma mudança na variabilidade do batimento cardíaco, trazendo coerência ao ritmo do coração, que por sua vez atinge o cérebro emocional. A coerência entre o coração e o cérebro emocional estabiliza o sistema nervoso autônomo (simpático/parassimpático), criando um estado de equilíbrio e acessando os poderes de auto cura do corpo.”Gastão Ribeiro

Como diz Gastão Ribeiro  trauma é uma situação de extremo desamparo onde nos tornamos incapazes de nos defender, a partir disto ocorre uma corrupção da memória.
“Os dados do Projeto Trauma Infantil mostram que a coerência cardíaca tem o mesmo efeito do PRI em restaurar os processos de auto cura emocional do corpo”
Gastão Ribeiro


Dentro do coração existem 40 mil axônios que tem uma ligação direta com o cérebro emocional, em uma conexão estreitamente íntima. O reflexo direto desse vaivém entre o cérebro emocional e o coração consiste na variação dos batimentos cardíacos. A coerência cardíaca esta na vanguarda das pesquisas neurocardiológicas e emocionais, o acesso do coração tem um impacto sobre cére­bro, atuando nos mecanismos de estresse,emoções e nas experiências traumáticas. As últimas descobertas sobre coerência cardíaca nos deram uma concepção radicalmente nova e diferente do papel do coração no sistema humano e nas emoções, sendo umas das técnicas mais eficientes no combate ao estresse e as memórias traumáticas.
O coração e a mente precisam estar em equilíbrio e descobertas sobre o funcionamento do coração associado ao cérebro emocional têm demonstrado a existência de uma conexão fisiológica direta entre esses dois órgãos do corpo. A esta comunicação equilibrada e harmônica entre o coração e o cérebro denomina-se coerência cardíaca. No projeto Trauma Infantil temos usado de Coerência Cardíaca para dessensibilizar traumas de crianças com grande sucesso.
O paradigma do trauma para a psicologia energética seria a inversão psicológica. A reversão psicológica consiste em um estado de auto sabotagem onde a energia do indivíduo provoca condutas estranhas e pensamentos opostos aos que seriam normais a aquela situação vivenciada. A coerência cardíaca é uma das poucas formas de eliminar este estado de inversão, colocando o corpo em autocura emocional e física.
A coerência cardíaca tem sido usada para restaurar os traumas da primeira infância tentando produzir um estado de resiliência, diminuindo a vulnerabilidade e a possibilidade de retraumatização. São conceitos novos e imperdíveis para quem trabalha com traumas. Este curso traz um procedimento e protocolo novo de dessensibilização de traumas, além de munir o terapeuta atual em novos paradigmas e processos de aumento de performance

As Razões do Coração - Coerência Cardíaca
As Razões do Coração - Coerência Cardíaca

Gastão Ribeiro

O coração e a mente precisam andar em equilíbrio e descobertas sobre o funcionamento do coração associado ao cérebro emocional têm demonstrado a existência de uma conexão fisiológica direta entre esses dois órgãos do corpo. A esta comunicação equilibrada e harmônica entre o coração e o cérebro é denomina-se Coerência Cardíaca.

A Coerência Cardíaca é uma técnica criada pelo Institute HeartMath que descobriu que em situações de estresse, ansiedade, depressão ou cólera, o ritmo cardíaco se torna "caótico", ao contrário dos estados de bem-estar, quando se mostra "coerente". O ritmo cardíaco influi diretamente na pressão arterial, na respiração e também no funcionamento do sistema imunológico.

A Conexão do Coração e da Mente

Dentro do coração existem 40 mil axônios que tem uma ligação direta com o cérebro emocional, em uma conexão estreitamente íntima. O reflexo direto desse vaivém entre o cérebro emocional e o coração é a variação dos batimentos cardíacos.Entre o nascimento, quando a variação é mais forte, e a proximidade da morte, mais baixa, o ser humano perde cerca de 3% de sua capacidade de variabilidade cardíaca. Existe uma variação considerada normal e saudável, que é sinal do bom funcionamento do "freio" e do "acelerador" do coração.


Em situações emocionais negativas alteram o ritmo cardíaco. Ele se torna "caótico", ao contrário dos estados de bem-estar, quando se mostra "coerente". Estudos sobre como manter um ritmo cardíaco "coerente" concluíram o controle interior da própria fisiologia através de pequenos exercícios controla o ritmo do coração. Por meio de exercícios respiratórios simples, consegue-se esta "coerência" evitando o "caos", associados ao estresse e estados depressivos.

Em um estudo publicado no "American Journal of Cardiology", no entanto, pesquisadores do Instituto HeartMath, da Califórnia, mostram que uma simples lembrança positiva induz a uma rápida transição da variação cardíaca ao ritmo "coerente". Na Inglaterra, 6.000 executivos de grandes empresas, como Shell, British Petroleum, Hewlett-Packard e Unilever, foram treinados para realizarem exercícios que os ajudassem a manter uma coerência cardíaca. O mesmo ocorreu nos EUA, com empregados da Motorola e funcionários do governo da Califórnia.


Outro estudo, da Academia Nacional de Ciências dos EUA, sugere que a coerência cardíaca favorece o equilíbrio hormonal: após um mês de prática de exercícios (30 minutos diários, cinco dias por semana) que promovem o "ritmo coerente", a taxa de DHEA (dehidro-epi-androsterona), o chamado "hormônio da juventude", dobrou.

A Inteligência do Coração

O coração e o corpo pensam. Essa memória ficaria armazenada em todas as células do organismo, pois transplantados especialmente os de coração, relatam memórias dos receptores isto seria fruto da nossa memória celular. Propõe-se, hoje, que exista outro nível de inteligência, a corporal que na verdade é o nosso conjunto de memórias celulares. O raciocínio é cerebral, mas o sentir é cardíaco.

Este paradigma é novo, deve-se estar aberto para experimentar um nível sutil de realidade que ainda não nos é familiar, permite acessar outro nível de comunicação, com a esfera física de seu próprio ser. É uma informação de primeira mão, sem intermediário, que não necessita de quaisquer ferramentas adicionais.

A conexão com o coração provoca mudanças fisiológicas no corpo. Ocorre uma harmonia do ritmo cardíaco, um equilíbrio do sistema nervoso provocando uma regulação da pressão arterial e de outras glândulas e órgãos. Esta harmonização permite que os centros de percepção do cérebro processem as informações com mais eficiência, permitindo que novas soluções intuitivas alcancem a mente consciente.

O termo intuição quando se usa Coerência Cardíaca tem um sentido diferente. A intuição seria um processo de inteligência e compreensão que transcende os processos lineares e lógicos de pensamento. É a faculdade do conhecimento direto, como se por instinto, sem raciocínio consciente. A intuição seria conhecimento puro, não-transmitido e inferencial associado com introvisão aguda e rápida.

Acessando a Coerência Cardíaca

Temos duas formas de acessar a Coerência Cardíaca, através da respiração de um peque no exercício. Através da respiração é o seguinte: comece fazendo duas respirações lentas e profundas, que estimulam o sistema parassimpático e favorecem o "freio" fisiológico. Em seguida, acompanha atentamente a expiração até o final e deixa, após uma pausa de alguns segundos, que a inspiração retome naturalmente. Numa segunda etapa, deve-se imaginar que a respiração lenta e profunda é realizada na região do coração. Por fim, a concentração deve ser dirigida à sensação de calor ou de expansão no peito e, depois, incorporada à respiração e com um pensamento positivo.

A Coerência Cardíaca pode ser feita a partir de alguns passos básicos:
1. Faça um esforço para afastar a sua mente apressada ou das emoções perturbadoras para área ao redor do coração. Finja que esta respirando através do coração para ajudar a concentrar a sua energia nesta área. Mantenha a concentração aí pelo menos dez segundos.
2. Lembra-se de um sentimento positivo ou divertido, ou de uma época boa que você teve na vida, e tente revive-los.
3. Agora mantenha-se assim por alguns minutos aproveitando este momento agradável de conexão com o coração.

A Coerência Cardíaca e pesquisas do Projeto Trauma Infantil

Uma das técnicas que estamos pesquisando no Projeto Trauma Infantil é a Coerência Cardíaca. Ela tem inúmeras aplicações desde o aumento de potencial criativo ao controle de ansiedade antecipatória, podendo ser utilizada em várias situações, como aumento de desempenho de atletas, concursos, e em tratamento de patologias como traumas, fobias, ansiedade generalizada, entre outras.

A Coerência Cardíaca pode também ser utilizada na desensibilização de traumas. Uma das descobertas do Projeto foi de que a Coerência Cardíaca consegue atuar nas Inversões Psicológicas que um Trauma provoca. Os 40 mil axônios presentes no coração têm uma ligação direta com o cérebro reptiliano que controla os batimentos cardíacos. O tronco cerebral que faz parte do cérebro reptiliano é responsável pelo controle de comportamentos involuntários (não acessíveis à mente consciente), tais como os batimentos cardíacos e o funcionamento pulmonar. E isto é observado em todos os vertebrados. O reflexo direto desse vaivém que a Coerência Cardíaca faz entre o cérebro emocional e o coração provoca uma normalização do ritmo dos batimentos cardíacos e, além disto, uma normalização das Inversões Psicológicas, acionando os poderes de auto cura do corpo.

Portanto Coerência Cardíaca associada a Hipnose ou a técnicas de PRI, Processamento Rápido de Informações podem ser usadas na desensibilização de TEPT.

Fonte – Apostila de Hipnoterapia Infantil – 2008 - Gastão Ribeiro.
Apostila de Psicoterapia do Trauma – Módulo 3 – O Uso da Hipnose com Traumas – 2007 - Gastão Ribeiro.
Apostila de Psicoterapia do Trauma – O Diagnóstico Energético – 2008 - Gastão Ribeiro.Doc Childre, Howard Martin, Donna Beech - A Solução Heartmath – 2001 – Cultrix.
Servan- Schreiber - Curar – Editora Sá – 2004.Scaer, R. (2001). The Body Bears the Burden: Trauma, Dissociation and Disease, Binghampton: - The Haworth Press, 2001
Nervo vago e Coerência Cardíaca – Gastão Ribeiro
Nervo vago e Coerência Cardíaca – Gastão Ribeiro


As vias neurológicas pelas quais o coração se co¬munica com o cérebro, se faz através do sistema nervoso intrínseco do coração (o cérebro do coração) que con¬tém neuritos sensórios e neurônios de circuito local de vários tipos. Os neuritos sensórios, que se distribuem pelo coração, captam muitos tipos de informação biológica, incluindo a taxa de batimentos cardíacos, a pressão, os hormônios e os neurotransmissores - e reagem a eles. Os neurônios do circuito local são organizados em estações de processamento que integram as informações neurológicas que chegam do cérebro e dos outros órgãos do corpo com os da-dos advindos dos neuritos sensórios do coração. Uma vez que tenha processado essas infor-mações, o cérebro do coração envia mensagens ao cérebro por meio das vias neurais "afe-rentes" - isto é, vias que fluem na direção do cérebro. Os nervos simpáticos aferentes viajam até o cérebro por meio da espinha. O nervo vago contém milhares de fibras nervosas, mui¬tas das quais também levam mensagens do coração ao cérebro. Essas vias neurais entram no cérebro por meio da medula, centro cerebral que regula várias funções corporais vitais. A partir daí, as informações neurológicas vindas do coração dirigem-se aos centros cerebrais superiores envolvidos no processamento emocional, nas decisões e no raciocínio.

Os mamíferos segundo Porges têm um sistema vago mielinizado, que pode rapidamente regular o rendimento cardíaco para favorecer o engajamento e desengajamento com o ambiente. Além disso, o sistema vago dos mamíferos tem um efeito inibidor no trajeto do simpático até o coração, e, portanto, promove o comportamento tranqüilo e sociável. Porges também introduz o conceito de “freio vagal” que é a rápida inibição e desinibição do tônus vagal para o coração poder rapidamente mobilizar ou acalmar o indivíduo. Proporcionando uma neurocepção onde o indivíduo é capaz de distinguir aspectos no ambiente interno e externo que são seguros, perigosos ou que ameaçam a vida. Esta é uma das explicações pelas quais a coerência cardíaca seja tão eficiente.

Fonte – Apostila de curso – Coerência Cardíaca – Gastão Ribeiro.
Teoria Polivagal de Stephen Porges
Você sabe o que é imprinting? - Gastão Ribeiro
Você sabe o que é imprinting?
Gastão Ribeiro

O imprinting foi um termo criado por Bowlby a partir de investigações sobre as primeiras fases da vida da criança. Ao nascer um bebê estabelece uma relação privilegiada com a mãe, e isto é decisivo para o seu desenvolvimento tanto físico como psíquico. Este laço entre bebê e a mãe chama-se vinculação. A vinculação é uma necessidade vital, uma necessidade de manter relações de proximidade e afeto com os outros seres humanos, em especial com a mãe, para sua proteção e segurança. Os recém-nascidos de determinadas espécies fixam-se a indivíduos com que contatam logo depois do nascimento. Normalmente o indivíduo mais próximo na altura do nascimento é a mãe por isso o imprinting dirige-se com mais frequência à mãe.
www.youtube.com/watch?v=hTdk79zHqvk
www.youtube.com/watch?v=i5PVBEuoYew

Cardiofeedbac, é uma Ferramenta em psicoterapia. Ela pode ser usada em dessensibilização de traumas, monitoramento de um transe hipnótico, controle de estresse e em TDA/H. É uma ferramenta de primeira linha e atual em psicoterapia.

A Coerência Cardíaca é um diálogo íntimo entre o pensar e o coração. Isto provoca uma mudança na variabilidade do batimento cardíaco, trazendo coerência ao ritmo do coração, que por sua vez atinge o cérebro emocional. A coerência entre o coração e o cérebro emocional estabiliza o sistema nervoso autônomo (simpático/parassimpático), criando um estado de equilíbrio e acessando os poderes de auto cura do corpo.
Ela tem múltiplas utilizações e pode ser associada a aparelhos de biofeedback para aumento de performance, TDAH, psicoterapia, hipnose, trabalho com traumas, entre outras.

Nos últimos anos foram criadas ferramentas que auxiliam a encontrar este estado de coerência, como o cardioEmotion, EnWave, entre outros. Estes aparelhos de cardio feedback foram desenvolvidos para atingir um estado de equilíbrio emocional facilmente (Coerência Cardíaca). Eles reduzem os efeitos do estresse, ansiedade e são extremamente úteis no trabalho terapêutico com traumas, depressões, TAG entre outros.

CONTATOS

Tels.: 3816-1137 • 3816-3780 • 3814-9396 • 9-9999-0506
wilma.nubiato@yahoo.com.br

COMO CHEGAR

Rua Paulistânia, 593 - Sumarezinho - São Paulo

MENSAGENS

Preencha o formulário abaixo e envie-nos sua mensagem

Psicovia Terapia do Ser - 2016 - Todos os direitos reservados. -

Desenvolvimento