Arteterapia - 6

Reorganização do ciclo de vida através das Mandalas da Alma

Curso de Arteterapia e as Mandalas da Alma

Pesquisado por Wilma Antonia Nubiato

OS CHAKRAS E AS MANDALAS

Os chakras são centros de energia, e é através deles que passam todas as formas de vibração com as quais se tem contato.
Chakra significa disco ou prato, pois essa é a forma que esses centros de energia têm, portanto são mandalas também.
 Como vê nas figuras acima cada chakra fica posicionado em um determinado ponto do corpo, em movimento girando como um disco, e há sete principais no nosso corpo e o bem estar físico e espiritual de cada pessoa depende deles, que regulam as energias que cada um recebe e emana e estão em constante atuação porque o contato que temos com as energias é permanente.
Sua posição é a seguinte.
No alto da cabeça está o sétimo chakras- ele é o mais ligado às energias espirituais, que são de origem divina.
Na testa está posicionado, entre as sobrancelhas, o sexto chakra, que está mais ligado  às energias mentais.
Na garganta está o quinto chakra, ligado às energias da comunicação inteligente.
 No centro do peito, não precisamente sobre o coração, está o quarto chakra, relacionado com as vibrações do amor.
Na altura da boca do estômago está o terceiro chakra, ligado às energias da nutrição’
Logo abaixo do umbigo está o segundo chakra, cuja ligação é mais forte com as energias emanadas pela vontade.
Na base da coluna. Quando a pessoa está sentada ou nas solas dos pés, quando a pessoa está de pé, está posicionado o primeiro chakra, que faz conexão com as energias do mundo material.
Quando tudo está bem, um chakra gira no sentido horário, ou seja na direção em que se movimentam  de forma contínua.
Quando as funções do chakra não estão bem, ele gira lentamente chegando a interromper seu movimento. Quando está desarmônico pode girar no sentido oposto ou se acelera.
Todas as desarmonias interiores e exteriores desequilibram os chakras, mas isso não acontece de uma vez, é um processo contínuo, uma vez que os chakras formam um sistema que atua em conjunto, quando um deles entra em colapso, os outros vão refletindo alguma desordem em seguida.
Os chakras atuam em todos os níveis:
O físico
O energético
Espiritual
Suas desordens interferem no bem estar orgânico, na energia sutil e na alma .
Primeiro a alama se ressente, em seguida há uma alteração no molde e por fim o organismo apresenta uma doença na região correspondente ao chakra atingido.
Veja:
Primeiro chakra
Chakra Básico
Raiz fundamental Kundalíneo
Muladhara
É responsável pelo fluxo de energias recebidas da terra e do sol.
Ligado às sensações físicas, como dor e prazer.
Ativa os demais chakras, dá gosto pela vida material. No ser espiritualizado, dá magnestismo, vitalidade e regula a carga energática que é distribuída para outras pessoas e é usada nas atividades.
Glândula supra renal.
Dons: pureza, responsabilidade, segurança, ligação com a terra e interesse pelo planeta, criação de raízes auto preservação.
Cromoterapia
Para acalmar e ordenar- azul
Para ativar: rosa forte. Mantra: LAM>
Segundo chakra.
Chakra Sacral- sacro umbilical
Suadisthana
Responsável pela ligação com aquilo que cerca o corpo, pela sensibilidade que permite entender o outro ser. Facilita receber e oferecer de maneira correta o prazer sexual. Ligado às sensações agradáveis dos três corpos: físico, astral, espiritual. No ser espiritualizado, dá mediunidade instintiva, percepção de vibrações positivas e negativas, faz o acolhimento e contato com almas sofredoras, com o papel de mãe espiritual, dá capacidade de ensinar.
Glândula gônadas.
Dons;
Sensibilidade, emocional, vibração, individualidade, invocação, maternalismo, hipersensibilidade mediúnica, sinceridade.
Reações negativas: sensualidade, sedução, histeria
Cromoterapia:
Para acalmar e ordenar – verde
Para ativar – laranja
MANTRA
VAM
Cor laranja.
Terceiro chakra.
Chakra esplênnico – diafragmático ou plexo solar.
Manipura
Responsável pela distribuição e purificação das energias que nutrem os corpos, ajustando suas funções com correta irrigação prânica. A sintonia com lugares e pessoas afeta esse chakra. No espiritualista é responsável pela sabedoria, pela consciência do poder, pelo dom de cura, pela purificação de fluídos materiais, pela expulsão de energias negativas e pela absorção de vibrações corretivas e equilibradoras.
Glândula: pâncreas.
Dons: controle paz generosidade equilíbrio viagens astrais recordação de vidas passadas organização trabalho em comum uso de lógica.
Reações negativas;
Incorreto uso do poder, não cooperar, submissão inveja dizer sim quando quer dizer não.
Cromoterapia
Para acalmar e ordenar –verde
Para ativar- laranja
MANTRA- RAM
cor: amarelo.
Quarta chakra.
Cardíaco ou do coração
ANAHATA
Responsável pelo equilíbrio e intercâmbio das emoções, que fluem através desse chakra dando capacidade à alma de dar e receber o amor. Permite ver cada ser como um irmão.
No espiritualista, é responsável pela confiança e entrega a Deus, pela capacidade de sintonizar o amor divino, dá noção da eternidade e estimula a tolerância. Bem harmonizado permite fazer a união da consciência espiritual com as necessidades materiais.
Glândula: Timo
Dons: compaixão, abertura para a vida, sentimento ternura amor divino e incondicional, paciência, tolerância, desapego.
Reações negativas:
 Vontade de morrer, ou suicidar-se, sensação de vazio na alma, críticas, ódio, vingança.
Cromoterapia.
Para acalmar e ordenar- verde
Para ativar- rosa fraco
MANTRA YAM
Cor – Verde.
Quinto chakra
Chakra laríngeo ou da garganta.
VISUDHA
Responsável pela manifestação e comunicação. Materializa as idéias em sons, concentrando a energia da intenção nos corpos sutis. NO espiritualista é responsável por sua expressão no mundo material e espiritual, onde se concentra a responsabilidade pelos conceitos pela produtividade, pela posição social, pela assimilação de vibrações extra físicas.
Glândula- Tireóide.
Dons: poder criativo, expressão clara, comunicação com espíritos canalização telepatia, manifestação da vontade divina.
Relações negativas: introspecção. Comunicação, confusa, alienação, falta de responsabilidade.
Cromoterapia
Para acalmar e ordenar- azul
Para ativar- amarelo
MANTRA
HAM
Cor azul.
Sexto chakra.
Chakra frontal, da fronte da testa terceiro olho
AJNA
Responsável pela capacidade visual e pela mediunidade instintiva. Rege o intelecto e a visão interior, que leva à análise. Através desse chakra os processos mentais inferiores são aprimorados. No espiritualista, aumenta a capacidade de visualização, organiza as intuições para aplicação prática no mundo material, dá criatividade, inspiração e avisos.
Glândula: pituitária ( hipófise)
Dons: tudo percebe, entende sem palavras, concentração, clarividência, antecipação.
Reações negativas: falta de lógica, desligamento, pouca memória, introversão, medo do futuro, medo da espiritualidade.
Cromoterapia:
Para acalmar e ordenar- índigo
Para ativar- lilás.
MANTRA
OM.
Cor índigo.
Sétimo Chakra
Chakra coronário, dá coroa.
SAHASRARA.
Responsável pelo potencial espiritual e pela ligação da alma com Deus. Realiza a comunicação com o plano espiritual. No espiritualista, permite a liberação das faculdades mediúnicas e facilita o contato com os mestres de Luz. Dá conhecimento divino e aproveitamento de capacidade adquiridas em outras vidas, Faz a transmutação das vibrações negativas em positivas. Permite ter suas invocações ao plano espiritual atendidas.
Glândula; pineal.
Dons: transmutação, invocação poderosas, o espírito tem poucos limites, fé, consciência iluminada.
Reações negativas falta de fé, controle dos dons da alma para motivos egoístas
Cromoterapia.
Para acalmar, ativar ordenar- violeta
MANTRA.
Não há, pode-se usar
OM
Cor violeta.
Nas mandalas
As mandalas podem ajudar a tratar os chakras, desde que seja colorida com a cor certa produz efeitos sobre o chakras que está desordenado. Podendo ser colocada sobre o chakra.
A meditação com o desenho tambem mostra eficiência na harmonização do chakra,
Como avaliar os chakra.
Através do pendulo corretamente posicionado sobre o chakra, o pendulo gira conforme  está o chakra, outra maneira é feita através dos sintomas físicos e emocionais.
Pode-se usar o questiona’rio que está no livro O Pai nosso e os chakras da ed. Ground, ele simplifica o diagnóstico.
Primeiro inicia com colorir mandalas’
Após uma semana ou duas passe para as mandalas oriental  que corresponde a cada chakra, ou utiliza-se a cromoterapia. E finalmente meditar com a mandala oriental. Utilizar os mantras especifico para cada chakras.
Faça ligação com a energia da mandala e4scolhida por vários dias, fazendo contato com ela durante cerca de quinze minutos por dia. Se precisar faça quantas for necessária. O tempo médio para sentir alguma altera;ao energética [e de duas a quatro semanas.
Ainda que você não possa perceber inicialmente, ao trabalhar com a mandala, ela está alterando para melhor as suas energias individuais, e isso se fera sentir depois de alguns dias.
Uma mandala não é escolhida com precisão não faz aquilo que se espera. Por isso, sempre analise e conheça bem qual a programação de cada mandala.
As mandalas para trabalhar os chakras adaptam-se muito bem para exercícios de respiração,meditação e concentração mental. Podem ser usadas com mantras e também ser coloridas. Você pode usar mandala de chakra junto com uma mandala de cor, desde que estabeleça a relação certa entre a cor e o chakra.

Primeira Atividades Expressivas;
Colorir qualquer mandala com a cor indicada para harmoniza o chakra-  deixe sua intuição escolher a cor que irá utilizar.

CONTATOS

Tels.: 3816-1137 • 3816-3780 • 3814-9396 • 9-9999-0506
wilma.nubiato@yahoo.com.br

COMO CHEGAR

Rua Paulistânia, 593 - Sumarezinho - São Paulo

MENSAGENS

Preencha o formulário abaixo e envie-nos sua mensagem

Psicovia Terapia do Ser - 2016 - Todos os direitos reservados. -

Desenvolvimento